Repórter da Globo é agredida ao gravar aglomeração em praia de Florianópolis. Vídeo:

 Bárbara Barbosa, repórter da NSC TV, afiliada da Rede Globo em Santa Catarina foi agredida nessa segunda-feira (2) durante uma reportagem onde mostrava uma aglomeração de banhistas na praia do Campeche, em Florianópolis. 

A jornalista fazia uma entrada ao vivo no “Jornal do Almoço” onde falava sobre as fiscalizações das praias já que no munícipio existe um decreto em vigor que possuí proíbe a permanência de banhistas na areia quando ela e o cinegrafista que a acompanhava foram surpreendidos por grupo de banhistas que descumprias as medidas de isolamento. 


Eles ameaçaram quebrar a câmera, tomaram o celular da repórter que sofreu alguns arranhões no braço. 


O caso foi exibido durante o jornal ao vivo e a âncora Laine Vargas comentou o episódio: Queria reforçar que a nossa equipe estava trabalhando. O que nós fazemos é divulgar, informar e cobrar o cumprimento das regras que não somos nós que elaboramos", pontuou a jornalista. 


"É um direito seu não concordar com o decreto, mas ele existe e precisa ser cumprido sob pena de multa. Se mesmo assim você não quer cumpri-lo, você não tem o direito de agredir quem está reforçando o cumprimento desta regra. Nada justifica essa violência", finalizou. 


O caso foi registrado na delegacia. 

Author’s Posts