Deputado do PSL é preso por ataques contra ministros do STF

Deputado do PSL é preso por ataques contra ministros do STF

O deputado federal Daniel Silveira (PSL) foi preso na noite da última terça-feira (16) por ataques proferidos à ministros do Supremo Tribunal Federal. 

Em um vídeo divulgado momentos antes de sua prisão que ocorreu em sua residência em Petrópolis, na Região Serrana do Rio, o parlamentar declarou que o ministro Alexandre de Moraes está "entrando numa queda de braço". No vídeo o deputado também declarou que não iria resistir a prisão e que seria conduzido a Superintendência da Polícia Federal no Rio. 


"Ministro, eu quero que você saiba que você está entrando numa queda de braço que você não pode vencer. Não adianta você tentar me calar", disse o p rlamentar, referindo-se a Moraes. "Você acha que vai me assustar e me calar? Eu vou colocar um por um de vocês em seus devidos lugares".


A prisão do deputado foi determinada no âmbito do inquérito sigiloso que apura ameaças, ofensas e fake news disparadas contra ministros do Supremo e seus familiares. Moraes entrou em contato com o presidente da Câmara, Arthur Lira (Progressistas-AL), por telefone, logo depois de assinar a decisão.


Em uma decisão de oito páginas, Moraes destacou que a conduta do parlamentar revela-se ‘gravíssima’, pois atenta contra o Estado democrático de direito e suas instituições republicanas.

Author’s Posts