Polícia investiga envolvimento de atual prefeito de Itaguaí com milicianos e traficantes no Rio

A Polícia Militar investiga ao menos 14 candidatos a vereador e prefeito na Região Metropolitana do estado do Rio.  

Segundo aponta investigação, esses candidatos estariam envolvidos com traficantes e milicianos que vem interferindo de forma violenta na campanha eleitoral em seus respectivos municípios. Eles estariam impedindo campanhas eleitorais de candidatos contrários as organizações criminosas e obrigando moradores a apoiarem seus candidatos. 


De acordo com informações do RJ2 são investigados os seguintes candidatos a vereador:  


Na região Metropolitana: Ronaldinho da Van (Progressistas). Delon da Juventude (Progressistas) Marcello Siciliano (Progressistas) Ulisses Marins (Republicanos) Vitor Hugo Kacz (MDB) Zico Bacana (Podemos) Del da Maré (Solidariedade)  


Em Nova Iguaçu, Anderson Teca, do Democracia Cristã. Em Belford Roxo, Fabinho Varandão, do MDB. Em Maricá, Danilo Santos, do PDT. Fernanda Costa (filha do traficante Fernandinho Beira Mar) 


Dois candidatos a prefeito também são investigados: Em Queimados, o professor Lenine Lemos, do PSDB, e em Itaguaí, Dr. Rubão, do Podemos. que é o atual prefeito da cidade.


Em Itaguaí inclusive, circula um vídeo em que uma equipe de pesquisa que media intenção de voto da população de eleitores do município é indagada sobre os locais onde estariam sendo realizados os estudos. A equipe relata que são impedidos de adentrarem em determinados lugares da cidade, por ser “perigoso demais”. 


A informação que se tem é de que somente a equipe eleitoral do Dr Rubão (apontado como um dos investigados em supostos acordos com o crime organizado) teria permissão de ir até esses lugares. 


Foto/Vídeo: Reprodução.

Author’s Posts